Home História da orquidofilia

Flores da semana

História da orquidofilia

As primeiras referências escritas sobre orquídeas são chinesas e datam de 800 A.C..

Em 500 A.C, . Confúncio exalta as virtudes dos perfumes das orquídeas, em registros que identificam os Cymbidium, assim como o Dendrobium moniliforme e a Bletilla striata.

Na Europa o interesse nas orquídeas remonta à antiga civilização grega.

O cultivo das orquídeas na Europa iniciou-se em meados do século 18, nesse período muitas espécies foram perdidas durante as viagens das Américas ou Ásia.

No início do século 19, foram iniciados na Inglaterra vários negócios com as orquídeas e muitas empresas empregavam coletores nas Américas, Ásia e África que praticavam coletas de forma indiscriminada chegando a dizimar espécies nativas.

Estas práticas não podiam continuar e após a Primeira Guerra Mundial estas atividades foram encerradas.

Iniciou-se os estudos sobre as técnicas de desenvolvimento das sementes de orquídeas e com isto surgiu o processo de hibridação entre espécies, disponibilizando para o mercado um grande número de híbridos para a cultura.

Juntamente com estes estudos foram desenvolvidas as técnicas de germinação das sementes in vitro e os processos de mericlonagem.

Atualmente estas técnicas estão em uso para a melhoria genética e preservação das espécies nativas, assim como para o desenvolvimento de novos híbridos.

 
Banner
 

Orquidário virtual

Natural Híbridos Micro espécies Terrestres

Todos os Produtos


Pesquisa Avançada





Perdeu a senha?
Esqueceu o seu nome de usuário?
Ainda não tem conta? Registro

Mostrar Cesto
O seu Cesto encontra-se vazio no momento.